Como vai? Sou a Maria

Diretora, Coordenadora, amiga e parceira!

"Eu costumo dizer que nasci professora! Aos 14 anos fui voluntária em programas de alfabetização de adultos e dava aulas de reforço escolar para o fundamental.

Fiz magistério, fui graduada em Pedagogia com ênfase em Administração Escolar e pós graduação em Psicopedagogia há mais de 23 anos.

Passei por um período de experiência de estágio num Kindergarten na Alemanha.

Fui professora, coordenadora, orientadora educacional e diretora. Durante esses anos, sempre pensando e amadurecendo o plano de gerir minha escola.

Tudo aqui já foi um sonho, e hoje ele está realizado!

Nossa proposta pedagógica:

Promover e estimular o desenvolvimento intelectual, físico e social dos nossos alunos, educando de acordo com a faixa etária, assegurando a formação básica para progredir nos estudos posteriores.


Missão:

Proporcionar um ensino de qualidade, no qual o lazer e o aprender estejam em equilíbrio: onde a criança brinque de forma interativa e lúdica, desenvolva suas capacidades e habilidades específicas, preparando-a para a futura escolaridade e vida adulta.

Visão:

Ser referência em educação,

oferecendo aos alunos qualidade de ensino

através de um tratamento individualizado.

Valores:

Respeito;

Inovação;

Solidariedade;

Parceria Escola Família;

Ambiente acolhedor e estimulador;

Boa formação e capacitação contínua dos profissionais


Sistema de Ensino Poliedro:

Amplo, valioso e sem barreiras, o Sistema de Ensino Poliedro ultrapassa o campo intelectual para aprimorar os aspectos físicos, sociais e emocionais dos estudantes. 

A chegada à escola é a primeira experiência da criança fora do círculo familiar. É por isso que a interação, a brincadeira e a adaptação são os pilares da solução do Poliedro para a Educação Infantil. 

Os materiais didáticos são produzidos por mestres em Educação Infantil. 

E o melhor: em parceria com professores das escolas parceiras. 

O material didático do SEP é aplicado para crianças na Escola Aquarela a partir do Maternal 1, ou seja, já a partir de 2 anos de idade!

Robótica em parceria com a Wizard


A Escola Aquarela oferece a robótica em parceria com a Wizard aos alunos de 4 e 5 anos de idade (Fase 1 e Fase 2).

Através da robótica, os alunos realizam projetos que estimulam o raciocínio lógico e se desenvolvem durante o processo de execução até a obtenção do resultado esperado,  aprendendo com as experiências, atividades e com o prazer de realizar por seus próprios esforços.

A metodologia faz uso de um aprendizado intuitivo, simples e eficiente, trazendo resultados brilhantes e um rápido desenvolvimento.

A Wizard tem 30 anos de história e, desde 2014, faz parte da maior empresa de educação do mundo, e se tornou “Wizard by Pearson“.

 

Presente em mais de 70 países, e com sede em Londres (Reino Unido), a empresa britânica Pearson tem a missão de transformar vidas ao fornecer aprendizagem de melhor qualidade e mais acessível.


Conheça um pouco mais da nossa história

17 de agosto de 2020

ESCOLA INFANTIL AQUARELA ENFRENTA PANDEMIA COM ARTE E SOLIDARIEDADE

No final de 2019, a pedagoga Maria Eugênio da Silva tirava do papel um sonho de mais de 20 anos. Concluía as obras e reformas de um prédio, no centro de Boituva, que seria a sede da “Aquarela”, a primeira escola infantil de sua propriedade. Escola reformada e equipes de professores e funcionários contratadas, iniciou-se em janeiro o ano letivo.

O que seria difícil para Maria prever era que logo neste primeiro ano do projeto uma pandemia assolaria o Brasil. Já em março tiveram início as quarentenas de prevenção ao coronavírus. Impedida de funcionar presencialmente, a escola teve que criar um novo método para o ensino das crianças matriculadas.

Maria Eugênia, diretora pedagógica da escola, junto de sua equipe, usou sua experiência anos como pedagoga e diretora em outras unidades escolares, para encarar o desafio.

“Tivemos que nos reinventar, e esse foi o maior desafio nesse período de quarentena. O papel da escola Aquarela foi acolher os pais, ajudá-los a enfrentar o momento com seus filhos em casa e manter o vínculo com a escola. E não o de lotar caixas de e-mails, mensagens no WhatsApp e ferramentas online com atividades diárias”, explica Maria.

O primeiro projeto foi uma ação solidária. Em abril, o projeto “Semeando o Bem” arrecadou alimentos e materiais de higiene pessoal e limpeza em prol de famílias carentes impactadas pelo isolamento social. Toda arrecadação foi doada a Fundação São Luiz (Hospital).

Pacotinhos de Amor

Na última semana, em 12 de agosto, a escola promoveu o projeto “Pacotinhos de Amor e Amizade”. Baseada nas obras de Romero Britto, a proposta teve o objetivo de reforçar as amizades e os conceitos de amor, paz e respeito ao próximo, aliados a proposta pedagógica da escola.

Conceitos de cores, formas geométricas e coordenação motora aliada a produção artística foram propostas trabalhadas. Os pacotes foram entregues direto nas casas dos alunos, observando os protocolos de segurança.

Nos pacotes, obras do artista plástico Romero Britto e um diário “Memórias da Pandemia” – além de mensagens de carinho e apoio da equipe da escola. Junto das famílias, as crianças devem fazer os desenhos usando a criatividade. No diário, os pais também foram desafiados: registrar a rotina dos filhos em meio a pandemia. “A ideia é juntarmos todos os desenhos e construir um só. No final do mês faremos uma exposição de todos os desenhos”, explica a diretora.

Escola Aquarela

A escola infantil foi fundada em 30 de outubro de 2019. Localizada no centro de Boituva, atende crianças de 04 meses a 05 anos de idade. Como proposta, a unidade busca que a criança aprenda com brincadeiras, inovação tecnológica e respeito as potencialidades de cada aluno.

Após contratar e capacitar a equipe de professores, monitores e funcionários, possui um sistema de ensino de qualidade e responsável por alta taxa de alunos aprovados em vestibulares, por exemplo.

“Diante de tantos recursos tecnológicos e conteúdos, existe uma coisa que não podemos esquecer jamais: existe uma criança que precisa ser acolhida emocionalmente para poder dar continuidade a sua rotina, totalmente modificada. Vamos viver um dia de cada vez. Tudo vai passar. Tenho certeza que sairemos dessa mais forte, se continuarmos unidos”, conclui a diretora pedagógica Maria Eugênio da Silva.

Outras páginas: